Ler é preciso

Autor(a): Maria Luiza Batista Bretas
ISBN: 978-85-8058-0
Disponibilidade: Em Estoque
Preço: R$ 38,00
Qtd:  
   - OU -   
Tags:

O título deste livro evoca uma célebre frase de Pompeu, “Navegar é preciso, viver não é preciso”, usada por Fernando Pessoa, em 1914, e, mais de meio século depois, no Brasil, numa canção de Caetano Veloso. Enquanto o general romano falava de enfrentar uma tempestade no mar para levar trigo até Roma, sitiada por uma rebelião, Pessoa reflete sobre a condição humana, dialogando com a tradição marítima portuguesa. Caetano vai além, transpondo as vivências do navegante para um plano mais afetivo e simbólico. Em Pompeu, Pessoa e Caetano, diversas são as motivações para navegar, mas a necessidade parece ser a mesma, premente, inelutável.

Também a leitura é uma necessidade premente, ainda que possa ter diferentes motivações. Ler é preciso, em todas as suas modalidades: ler os gestos, as faces, as vozes, as intenções, os subentendidos. E ler a palavra informativa e, sobretudo, a palavra literária. Ler é preciso desde a mais tenra idade, quando, juntamente com o corpo em crescimento, vai sendo formada a bagagem cultural do leitor e, com ela, o seu gosto estético.

Os benefícios da leitura são muitos, e o poder público precisa fazer sua parte por meio de políticas de fomento à leitura. É sobre este tema que Maria Luiza Bretas discorre neste livro, de grande interesse para gestores e profissionais da área.

Especificações
Autor(a) Maria Luiza Batista Bretas
Número de Páginas 192